Nossas festas: Yellow Submarine (primeiro ano do Vicente)


Meu filho, Vicente, completou 1 ano no dia 29 de maio. Fizemos para ele uma festinha simples com o tema Yellow Submarine e, inclusive, foi essa festa a responsável pela criação do blog.
Eu estava cheia de fotos e ideias guardadas aqui, desorganizadas. Achei que colocá-las em um blog além de me ajudar, ajudaria a outras pessoas que procuravam pelo mesmo.

Quando eu comecei a organizar a festinha dele (uns 6 meses antes da festa) eu confesso que estava super por fora do que é bonito e moderno hoje em relação a festas. Ainda tinha ideias bem antigas e ao começar a pesquisar me encantei com a simplicidade das festas atuais e foi isso que tentei fazer para ele. Até por que o orçamento foi super (ultra) apertado e tentei fazer o melhor possível dentro do que poderíamos gastar.

Antes mesmo da festa acabar já tinha aprendido muito! Organizar uma festa sozinha não é fácil!
Hoje vou dividir essa experiência com vocês e, quem sabe ajude em alguma coisa!


Nessa foto eu já tenho bastante coisas para comentar, começando pelo painel.

Quando comecei a pensar na decoração, queria um painel de tecido. Eu ainda não conhecia muito sobre festas mais "clean" e estava habituada às festas tradicionais (e nessas o painel de tecido é quase uma obrigação!). Nada contra, devo dizer, mas hoje eu não faria. Tenho outro conceito de festa.
Antes mesmo da festa já havia me arrependido do tal painel que demorou três meses para ficar pronto (eu mesma o fiz e ensinei como fazer aqui).
Tá, na verdade eu achei que ele ficou bonito, mas eu não queria mais o painel atrás da mesa. Porém, no dia da festa todo mundo me convenceu de que "mas você mesma fez, demorou tanto, ficou bonito..." e eu acabei colocando. Gostei do resultado! Mesmo com o painel, acho que não ficou carregado de informação.

Atrás do painel, coloquei um tecido que seria uma toalha de mesa, mas, que na última hora serviu de moldura pro painel já que eu não queria arco de balões.

Uma pena é que eu não tirei uma foto "boa" da mesa. Essa foi antes de terminar de arrumar tudo e no final, foi a única que fiz. Mas dá pra ter uma ideia de como ficou.



Fiz um post contando como fiz esse bolo (aqui). Eu nunca havia feito nada parecido e consegui!
Optei por um bolo bem simples e pequeno, só para cantar o parabéns. Para comer fiz cupcakes (não queria aquela coisa de ter que cortar bolo e ficar servindo. O cupcake é individual, fácil de servir e de comer).

Ah, e as bandejas são caixas de presente forradas com tecido.



Eu queria uma torre para os cupcakes. Porém, com minha verba pobre para a festa, fiquei chocada ao ver o preço das torres nas lojas. Caríssimas! Nem pensar!
Aí eu tive a ideia de customizar um daqueles baleiros de papel bem baratinhos e usar como torre.
Cortei umas bandeirinhas de tecido minúsculas e colei com uma fita ao redor dos "andares" do baleiro, nas bordas. Na foto quase nem aparece (incrível como tudo fica "menor" nas fotos!) mas ao vivo ficou incrível!
Uma torre para cupcakes econômica e bonita!

Fiz cupcakes de baunilha e chocolate com recheio de beijinho cremoso. A cobertura, chantilly. Comprei a mistura pronta da marca Amélia e é perfeita! Recomendo MESMO! Rende bem e você pode deixá-lo com a consistência que quiser. Mas, é preciso acrescentar açúcar e essência de baunilha (ou a que preferir) pois a mistura não tem sabor.
Assei e decorei os cupcakes um dia antes (80 cupcakes) e não deu muito certo. O ideal é que seja feito no dia da festa para ficar fresquinho. Se não for possível, guarde em potes BEM fechados.
Aconteceu que alguns ficaram em caixas simples e na hora da festa estavam com um gosto terrível, bolo velho (mesmo sendo feitos na noite anterior, apenas). Quase tive um treco, mas, a sorte (se é que posso falar assim) é que poucos convidados compareceram então, pude deixar estes de lado.



É incrível como doces de copinho fazem sucesso em uma festa! Principalmente se forem uma versão "miniatura" de um doce maior como uma torta, por exemplo.
Esses aí de cima são tortinhas de limão (que eu ensinei a fazer aqui), e o pessoal achou o máximo o fato de ter até mesmo a base da torta no fundo do copo. Eu sou meio, perfeccionista, se vou fazer um doce em versão menor ele tem que ser idêntico ao maior, só que em menor proporção.
Além disso, é bom colocar um docinho mais "azedo" para quebrar o doce dos outros itens da mesa. Até por que tem gente que não curte aquela "doçura" toda.

Outra coisa que fez sucesso foram as bandeirinhas na colher. As pessoas gostam de detalhes, passa uma sensação de cuidado, de capricho. Eu AMO detalhes, adoro ir em festas e ser surpreendida por coisas pequenininhas (e geralmente as pessoas sempre pensam em coisas grandes, nem sempre o maior é o que impressiona).
Nós sabemos o trabalho que dá decorar cada colherzinha, então, quando vejo algo do tipo, me sinto "mimada". Era o que eu queria passar para os convidados, acho que deu certo!


Esses docinhos foram a "sensação" da festa! Algumas pessoas ficaram com pena de comer pois a guitarra era minunciosamente decorada. Não... esse não fui eu que fiz, infelizmente. O Vicente ganhou os docinhos de presente da vovó paterna, feitos por uma doceira lá de sua cidade.
Confesso que quando pedi os doces, não imaginava que viriam tão caprichados. Tive uma ótima surpresa no dia da festa! (a doceira mandou fazer uma forminha de guitarra só para fazer esses docinhos pro Vicente)
Tá, vocês vão achar que eu estou exagerando, pois não é nada demais, o doce é simples! Mas achei realmente que os detalhezinhos ficaram lindos!


Com isso eu aprendi que caprichar na beleza dos doces é tão importante quanto o sabor deles.
Na próxima festa vou me aventurar a fazê-los e claro, vou contar aqui como foi!



Bem, se as guitarrinhas ficaram lindas, não posso dizer o mesmo das maçãs que encomendei para remeter aos "Apple Bonkers" do filme. Eu pedi maçãs verdes, mas, quando chegaram, pareciam qualquer coisa menos maçãs verdes! eheheheh
Mas, as "maçãs" estavam uma delícia e foram de longe, os doces mais elogiados da festa (em relação ao sabor). "Viscoso, mas gostoso" já dizia Pumba. As vezes as aparências enganam!

(mas vejam, apesar de gostosas sobraram muitas dessas maçãs no final da festa. O pessoal não foi muito não... A aparência conta sim!)


Fiz toppers para os cupcakes e para os docinhos. Hoje eu faria diferente, somente para um dos dois.

Olha, vou dar aqui a minha opinião, leiga, enfim, e não quero ofender ninguém, certo? Mas assim, eu não acho nada legal (e bonito) o que tenho visto em algumas festas últimamente: as pessoas lotam tudo de toppers, docinhos, cupcakes, guloseimas (até salgadinhos!). Em todos os docinhos, por toda a mesa.
Fica "demais", sabe? É muito topper, acaba ficando muito "pesado" pros olhos.

Eu sou adepta do "menos é mais".


Uma coisa que adorei foram esses chocolatinhos. Comprei uma caixinha num atacado de doces, tirei das embalagens, enrolei no papel alumínio e fiz as embalagens de tecido. Aí imprimi umas tags, fechei com uma fitinha e colei a tag em cima. Ficou bem legal na mesa!


As lembrancinhas dos adultos foram potinhos de papinha customizados e recheados com brigadeiro de colher (aprenda aqui como customizar a tampinha do pote).  Leite condensado com chocolate em pó e depois de pronto, creme de leite.
Eu preparei um dia antes da festa. Fiz sempre de três em três caixinhas de leite condensado. Para cada três caixas de LC colocava uma caixinha e meia de creme de leite. Cada receita dessas rendia quase 10 potinhos.


Eu optei por não fazer mesa de guloseimas (mas coloquei Top Bel's e marshmallows na mesa das lembrancinhas).  Eu resolvi colocar as "guloseimas" dentro de saquinhos de papel para as crianças. 

Como as crianças tinham idades muito variadas, fiz três tipos de saquinhos: um para bebês até um ano (coloquei dentro um cd de músicas para ninar, um móbile e uma papinha doce da Nestlé), outro para crianças até três anos (coloquei biscoitos de polvilho, uma caixinha de suco, gelatina, um pirulito e uma bola de plástico), e uma outra para crianças com mais de três anos (com balas, baton, mini chiclés, bolinhas de sabão, massinha de modelar e um kit colorir).

Como foram poucos convidados, acabei distribuindo o conteúdo dos saquinhos para as crianças durante a festa. Elas ficaram entretidas fazendo bolinhas de sabão, brincando com a massinha, enfim, foi bem legal!


Antes de fazer a festa eu visitei o salão e tirei fotos. Quando vi que havia um pilar bem no meio do salão vi que podia fazer algo bem legal pra aproveitar aquilo.
Resolvi usar algumas fotos nossas, em família, representando todo o amor que vivemos e sentimos durante todo o primeiro ano de vida do Vicente. No meio, não pude deixar de colocar "All you need is love", era tudo o que aquelas fotos significavam...




De tudo na festa, o que os convidados mais elogiaram foram os detalhes. Eu percebi que não adianta fazer coisas grandiosas. O que chama a atenção mesmo são as coisas bem feitinhas, bem trabalhadas, não importa o que seja.



Essa foi a "retrospectiva".
Eu, particularmente, não gosto muito dos vídeos de retrospectiva. Acho que "quebra" a festa e, muitas vezes é cansativo. E não que eu seja insensível mas, geralmente, esses vídeos são mais emocionantes para os pais da criança. Além disso, todo mundo faz. É bom fugir do comum de vez em quando!




Ofereci também para os convidados um dvd que montei com nossos clipes favoritos dos Beatles (com tradução das letras e tudo mais). Achei que o pessoal não iria querer muito, então, fiz poucos. Errei feio!
Todo mundo quis e ficou faltando! Depois da festa as pessoas diziam "Estou assistindo direto o dvd do Vicente, é muito bom!". Amei! Sempre que as pessoas assistirem vão lembrar dele, isso é tão legal!

Eu mesma fiz as capinhas dos dvds com papel vivaldi, uma tirinha de tecido e Yellow Submarines impressos e recortados.


Coloquei as bandeirinhas na mesa das lembrancinhas. Super fácil de fazer! Recortei triângulos em um tecido e colei com cola quente na fita. Claro que existe uma forma bem mais "elegante" de se fazer, mas essas quebraram o galho legal!


Pompons de seda "enchem" o salão. Além disso dão um efeito muito bonito na decoração. Teve gente que levou pompom pra casa pra decorar o quarto.


Se tem uma coisa que eu realmente não curto nas festas tradicionais é aquela coisa de tirar foto atrás do bolo.
É uma coisa de passa criança pra cá, vem fulano aqui, "chama beltrano!". E a mesa do bolo fica aparecendo SEMPRE.

Então, fizemos as fotos da festa pelo salão e, para registrar a presença dos convidados, resolvi fazer uma "cabine" de fotos. Coloquei um tecido de fundo, fiz alguns acessórios de EVA (em especial, bigodes, já que os Beatles tiveram vários deles ao longo da carreira).
Os acessórios sumiram em questão de minutos! As crianças ficaram enlouquecidas com eles e no fim, nem fizemos muitas fotos usando!

O legal é que todo mundo parava ali pra tirar uma foto, até os bisavôs gostaram da ideia!







Quando alugamos o salão para a festa (o mais barato e bonito que encontramos) ficamos com receio pois o salão fica em um sítio. As crianças e os convidados já acostumados a buffet infantil, casa de festas cheias de brinquedos e tudo mais poderiam ficar entediadas. Tinha uma pracinha lá, mas a gente achava que o pessoal ia achar meio estranho isso tudo, meio chato.

Mas, nos surpreendemos! As crianças amaram o lugar e passaram o tempo todo correndo atrás de pônei, vaca, ovelha, pato, galinha, coelho...
Não ficaram nem um pouco dentro do salão, só correndo de lá pra cá. E eu ouvia das mães "Adorei esse lugar! É bom fazer festa assim, por que assim eles se exercitam, tem contato com a natureza ao invés de ficar jogando videogame ou brincando em parquinho". Fiquei super feliz!


Eu acho muuito legal festa com brinquedos, parquinho, videogames e tudo mais. Mas naquele dia eu percebi que não precisa daquilo tudo para as crianças se divertirem.
Elas levavam a comida pra rua e comiam lá enquanto corriam, faziam bolinhas de sabão, se aventuravam entre as cercas pra ver cavalos...

Enfim, essa foi a minha primeira festa. No ano que vem tuuuudo vai ser diferente.
Agora eu já estou decidindo tudo mais cedo, vai ser em casa, eu já tenho mais conhecimentos. Acredito que vá ficar muito melhor!

E se você quiser compartilhar sua festa com a gente, basta mandar um email para hojevaiserumafesta@gmail.comMande fotos, conte-nos como foi sua festa e nós publicaremos!

Beijos e um ótimo final de semana!





Postagem em destaque

Como fazer Pirulito de Biscoito com Chocolate

O pirulito de chocolate feito com Bolacha tem ganhado espaço nas festas infantis. Receita fácil de ser preparada, com preço mais em c...

Publicidade

receba por e-mail!

Cadastre-se e receba novidades por e-mail:

já curtiu?

TOP 5!

Publicidade!

Seguidores!

Visitas

Publicidade!

Publicidade!

Link-me