Qual o melhor horário para a festa? O que servir nos diferentes horários?



Durante o planejamento da festinha dos filhos se tem uma coisa que deixa as mamães e papais na dúvida é o horário de começar a farra. Nosso parceiro Malaguetaloc, especialista em aluguel para festas, traz dicas para escolher a hora e o cardápio ideal para os pequenos curtirem!

Como decidir pelo horário da festa?
Alguns pais decidem marcar a hora da festinha de acordo com a disponibilidade dos convidados e dos amiguinhos, apesar disso ser importante, o ideal é deixar que a grande estrela da festa decida. Isso mesmo, o aniversariante dita as regras. Se a criança já tem mais de 5 anos, permita que ela escolha o horário que irá se sentir melhor e que estará disposta a receber os convidados. E se a criança for muito pequenina para decidir? Pois então deixe que os horários do sono e das refeições ditem as regras. Se o pequeno costuma dormir depois do almoço, então é melhor pensar em uma festinha para o fim da tarde ou início da noite, se está acostumado a dormir cedo, o ideal é começar a festinha no início da tarde. A agitação da festinha não precisa tirar o pequeno da sua rotina. Lembre-se: O dia da festa exige bastante da criança, são muitas distrações e novidades, será muito mais divertido se ela estiver disposta e contente nas horas finais, quando acontece o esperado parabéns. Você vai querer seu filhote bonito na foto!




Tenha em mente que os buffets normalmente vendem festas com duração média de 4 horas. Para as festinhas de bebês, uma dica é fazer a diversão acontecer entre as 14:00 e 18:00 horas. Esse é um horário muito conveniente, pois não interfere nos horários de refeições e nem nas horas de dormir. Quando o aniversariante e a garotada é mais velha, acima de 10 anos de idade, a decisão normalmente é por festas durante a noite. As crianças mais velhas se sentem “adultas” e mais responsáveis marcando suas festinhas à noite. Sem contar que nessa idade começam as paquerinhas inocentes e o clima noturno combina mais com as conversinhas.

O que servir nas festas em diferentes horários?

Além de interferir na disposição do aniversariante e na disponibilidade dos convidados, o horário da festa determina o cardápio a ser servido. Um grande problema na hora de escolher o horário da festa e o cardápio é saber se os convidados já terão se alimentado antes do evento. Por isso tente escolher um horário de festa que deixe claro que tipo de refeição será servida, leve ou mais consistente.
Se a festa começar logo de manhã, os convidados irão esperar por um cardápio mais nutritivo e vão provavelmente se preparar para almoçar na própria festa. Em uma festa nesse horário é legal começar com um brunch (lanchinho servido antes do almoço) servindo salgados preferencialmente mais leves e sucos de frutas.

 
Após o brunch você pode oferecer um prato quente mais consistente como tortas de frango e palmito, sanduíches de carne louca ou hambúrgueres ou ainda massas como canelone e espaguete. Pode ter certeza que as crianças vão adorar brincar e se lambuzar com o macarrão!
Se a festa for no período da tarde, entre as 14:00 e 18:00, será no famoso horário neutro e os convidados irão esperar um cardápio mais leve, por conta disso chegarão à festa já alimentados após o almoço. Para uma festa à tarde é interessante oferecer comidinhas que dispensem o uso de talheres e que as pessoas possam comer em pé. Lanche de metro de sabores variados, crepes, hot dogs e também os tradicionais salgadinhos de festa como coxinhas, empadas e bolinhas de queijo são boas pedidas.




 
Para uma festa no período da noite, começando por volta das 19:00 horas, os convidados irão esperar por uma refeição consistente, mas não tanto quanto no horário de almoço. Muitas pessoas não têm o costume de fazer refeições pesadas durante a noite, então a tendência é que as pessoas comam menos. A ideia é oferecer algo próximo do que mencionamos para as festas em período vespertino: Carrinhos de batata frita, crepes, lanchinhos, pizzas e panquecas podem ser uma boa para a noite, principalmente se envolver pizzas e panquecas doces.
 


No horário noturno os adultos tendem a consumir mais bebida alcoólica. Dessa maneira, pense em pedir uma quantia extra se optar pela festa à noite, mas não exagere, é uma festa infantil e precisa manter controle do consumo de álcool para dar bom exemplo aos pequenos.
E quanto aos doces? Os doces são bem-vindos em todos os horários de festa! Brigadeiro, beijinho, bicho de pé, maçã do amor, cocada, cupcakes. Apenas tome cuidado para servir os doces separadamente dos outros alimentos. Isso evita que as crianças misturem doces e salgados, podendo passar mal. O organismo das crianças é um pouco mais sensível comparado ao dos adultos.
Dica Malaguetaloc: As crianças adoram interagir com a festa. Pense em alimentos que as próprias crianças possam ajudar a criar, também permita uma certa variação para que cada criança possa usar a criatividade e criar a sua própria invenção. Se optar por pizzas, deixe com para que elas escolham as coberturas, se for oferecer lanchinhos deixe que elas escolham o recheio e assim por diante. Depois de “todo” o trabalho vão se deliciar com o que criaram!

Quer saber mais???
Acesse: http://www.malaguetaloc.com.br

http://www.malaguetaloc.com.br/

 *PostPublieditorial


Postagem em destaque

Como fazer Pirulito de Biscoito com Chocolate

O pirulito de chocolate feito com Bolacha tem ganhado espaço nas festas infantis. Receita fácil de ser preparada, com preço mais em c...

Publicidade

receba por e-mail!

Cadastre-se e receba novidades por e-mail:

já curtiu?

TOP 5!

Seguidores!

Visitas

Link-me